Micropigmentação  Labial

O procedimento dá contorno e cor aos lábios a fim de deixá-los com aspecto saudável

img029-400x217.jpg

O que é micropigmentação labial?

A micropigmentação labial é a aplicação de pigmento nos lábios, com o intuito de melhorar o contorno a fim de deixá-lo mais desenhado e alterar o tom da pele labial pálida ou arroxeada.

 

O procedimento é capaz de corrigir pequenas assimetrias, assim como disfarçar sinais do envelhecimento. Além disso, a micropigmentação labial pode ser indicada para situações clínicas como perda tecidual causada por acidentes ou queimaduras e deformação genética nos lábios e fissura labiopalatal.

Como é feito o procedimento

A micropigmentação labial é feita por meio de um aparelho chamado dermógrafo, que possui pequenas agulhas na extremidade. "Os pigmentos escolhidos são implantados com mesmo princípio da tatuagem, porém em camadas mais superficiais da pele"

A cor que será pigmentada nos lábios depende da escolha da paciente entre tons de base rosa, vermelho e coral.

Sempre é orientado a cliente sobre qual base fica melhor para ela de acordo com a cor de sua lâmina labial, dessa forma conseguimos resultados mais naturais.

Micropigmentação labial dói?

O procedimento pode causar dor de leve a moderada, dependendo da sensibilidade da pessoa. Na maioria dos casos, é utilizado anestésico tópico, que pode ser menos doloroso.

Contraindicações

Antes de realizar o procedimento, a pessoa precisa deixar claro ao profissional sobre suas condições de saúde. Para nos certificarmos dessas condições, realizamos uma entrevista e o preenchimento de uma Ficha de Anamnese onde serão anotadas todas as informações sobre a saúde da cliente.

  • Pessoas diabéticas descompensadas

  • Pessoas em tratamento do câncer

  • Pessoas que fazem uso de anticoagulantes

  • Pessoas com história de cicatriz hipertrófica ou quelóide

  • Pessoas com lesões no local, como herpes labial

  • Pessoas com infecções bacterianas

  • Pessoas com acne inflamatória, verrugas ou molusco contagioso na face

  • Grávidas e lactantes.

 

Cuidados antes e depois do procedimento

Antes de realizar o procedimento, os lábios devem estar hidratados e sem lesões ou qualquer doença citada acima. Caso os lábios estejam ressecados e rachados, a tintura não irá penetrar na pele de forma correta e, consequentemente, não terá boa fixação, ocasionando necessidade de retoque do procedimento.

Depois do procedimento, os cuidados são ainda mais importantes. Isso porque, os lábios começam a cicatrizar e formam casquinhas como forma de proteção. a recomendação é não retirar as casquinhas, não usar batom na primeira semana e manter os lábios sempre limpos, além de hidratados e protegidos do sol.